companhias

Lucro líquido da Allianz recua 5,2%, para € 1,9 bilhão, no segundo trimestre

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

O grupo alemão Allianz divulgou que as receitas totais cresceram 2,9%, atingindo € 30,9 bilhões de euros no segundo trimestre deste ano comparado ao mesmo período do ano passado. O lucro operacional aumentou 2,3%, para  € 3 bilhões de euros. No segmento empresarial de gestão de ativos, o lucro operacional cresceu devido às receitas maiores, as quais foram impulsionadas pelos maiores volumes de ativos sob gestão e às margens ampliadas. Isso mais do que compensou pelo declínio no lucro operacional do ramo de vida e saúde, informa comunicado.  O lucro operacional no segmento property & casualty (todos os seguros, exceto vida e saúde) ficou estável. O lucro líquido atribuível aos acionistas diminuiu 5,2%,  para € 1,9 bilhão. O grupo informa que o impacto negativo pela venda do nosso tradicional portfólio de seguro de vida em Taiwan foi apenas parcialmente neutralizado pela redução nos impostos sobre rendimentos.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário