companhias

Grupo Mapfre lucra 529 milhões de euros até setembro

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

O lucro líquido da Mapfre nos primeiros nove meses deste ano totalizou 529 milhões de euros, valor que representa um aumento de 18,9% em relação ao mesmo período do ano passado, que foi afetado pelas reivindicações catástrofes excepcionais. As receitas, por sua vez, situaram-se em 20.297 milhões de euros (-4,7%) e os prêmios em 17.219 milhões de euros (-4,3%). O grupo cita em nota divulgada que considera o resultado forte diante de um contexto complicado pela forte depreciação das moedas dos países em que opera (24,5% da lira turca, 17,5% do real brasileiro, 7,6 % do peso mexicano, 6,1% da moeda peruano, 5,6% do dólar, entre outros) e a queda do retorno financeiro, como resultado da baixa taxa de juros. A uma taxa de câmbio constante, as receitas teriam crescido 1,4% e os prêmios 2,2%, destaca. No Brasil, o grupo destaca premios de 2,9 bilhões de euros no final de setembro, 13,4% a menos. Essa redução reflete a desvalorização do real, uma vez que os prêmios em moeda local cresceram 5%, impulsionados pelos negócios de seguros gerais (+ 3%) e de seguro de vida (+ 10%).

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário