companhias

Programa de autorreciclagem da Bradesco chega a 15,7 mil toneladas de material reaproveitado

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

Release

O programa “Auto Reciclagem”, do Grupo Bradesco Seguros, lançado em 2009, doou, até o fim do primeiro semestre de 2018, mais de 15,7 mil toneladas de peças para empresas de reciclagem. Pioneiro entre as seguradoras na prática de reciclar peças resultantes de reparos de carros, caminhões e motocicletas danificados em acidentes com segurados e terceiros, o programa também gera renda para catadores, recicladores e para as próprias siderúrgicas e indústrias afins. Atualmente, é possível reciclar até 80% das peças descartadas de um veículo.

A Bradesco Auto/RE, que possui hoje cerca de 1,5 milhão de veículos segurados, registrou no primeiro trimestre de 2018 mais de duas mil demandas mensais de veículos com perdas totais e quase cinco mil perdas parciais. O Grupo Segurador conta com a parceria de cinco empresas recicladoras, de abrangência nacional, que tornam possível a reutilização de materiais como aço, vidro, plástico e borracha.

“As seguradoras têm no seu dia a dia um grande número de veículos que precisam ser reparados em oficinas. Esse processo gera uma quantidade significativa de peças que deixam de ter utilidade e precisam ser substituídas. Diante disso, criamos, há cerca de 10 anos, o Auto Reciclagem para garantir a essas peças a destinação ambientalmente correta. Já são quase 16 mil toneladas de materiais reciclados, que sem o programa terminariam em terrenos baldios ou margens de rio. Isso é muito gratificante”, explica Enrico Ventura, diretor gerente da Bradesco Auto/RE.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário