mercado

Assurant lança seguro para equipamentos domésticos usados

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A Assurant anunciou o lançamento de seguro para conserto de equipamentos domésticos usados, que cobre não só a mão de obra, mas também as peças.  Chamado Proteção de Usados, o seguro oferece a tranquilidade de proteção para equipamentos como geladeira, fogão, lavadora de roupas, TV, entre outros, garantindo o reparo de vícios funcionais, mecânicos e elétricos, com reposição de peças e mão de obra. O consumidor poderá contratar a proteção por meio de combos para cada ambiente da residência, como cozinha, lavanderia, sala e equipamentos portáteis conectados.

Os equipamentos cobertos pelo seguro Proteção de Usados são consertados por centros de assistência técnica credenciados, com garantia de uso de peças de origem genuína e de técnicos certificados. Outra vantagem do produto é que não será cobrada franquia – aquele valor que o segurado precisa pagar quando aciona um seguro.

De acordo com pesquisa realizada em 2017 pela a Assurant em três diferentes regiões do Brasil, 75% dos entrevistados consideraram o produto atrativo. Os principais motivos destacados pelos consumidores foram: no mercado não existe nenhum produto ou assistência que inclua os custos das peças no conserto do equipamento; a disponibilidade de um único número 0800 para acionamento do serviço independentemente da marca; e poder contar com profissionais qualificados e de confiança.

A primeira empresa a fechar parceria com a Assurant para oferecimento da Proteção de Usados aos consumidores é a Whirlpool Corporation, que atua no Brasil com as marcas Brastemp, Consul e KitchenAid.

A Whirlpool Corporation é a maior fabricante de eletrodomésticos do mundo e possui no Brasil 3 fábricas, 2 escritórios administrativos, 4 centros de tecnologia, 23 laboratórios e 3 centros de distribuição.

Durante a vigência do seguro de Proteção de Usados, o consumidor poderá acionar o seguro até três vezes para qualquer um dos produtos do combo escolhido, desde que possuam no máximo cinco anos de uso, mediante apresentação de nota fiscal de compra. “Temos boa expectativa de aceitação desse seguro porque ele traz um benefício enorme. Além disso, não há nada semelhante no mercado. Algumas seguradoras até oferecem mão de obra para reparos como serviços inclusos em seguros residenciais ou de veículos, mas nenhuma delas inclui a reposição de peças”, destacou Rogério Guandalini, diretor de marketing da Assurant.

 

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário