mercado

Seguro de cancelamento da Copa do Mundo pode chegar a US$ 1,3 bilhão

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A seguradora Beazley, sediada no Reino Unido, disse que o seguro contra o cancelamento da Copa do Mundo de Futebol na Rússia este ano pode chegar a £ 1 bilhão (US$ 1,3 bilhão), informou o Irish Examiner.  Segundo o portal Business Insurance, o seguro para a Copa do Mundo da Federation Internationale de Football Association cobre a perda de direitos televisivos e oportunidades de patrocínio, ataques cibernéticos e sequestros. Estrelas como Lionel Messi, da Argentina, e Cristiano Ronaldo, de Portugal, podem ter um seguro de mais de 150 milhões de libras cada, quando saírem para seus respectivos jogos de abertura na Rússia.

Veja abaixo um paper da Beazley sobre o tema:

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário