mercado

Cesvi Brasil Mapfre atualiza Índice de Segurança de veículos

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

O Cesvi Brasil Mapfre (Centro de Experimentação e Segurança Viária) atualizou o seu Índice de Segurança – que classifica veículos de acordo com a disponibilidade de itens de segurança. O novo ranking conta com a participação dos veículos mais vendidos de 2016 a 2017, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores). No total, foram estudadas 460 versões, de 69 veículos de 15 montadoras, que representam cerca de 90% dos veículos novos comercializados no ano.

“A atualização do índice é uma forma de apresentar e auxiliar o consumidor e o mercado segurador a identificar os carros mais bem equipados com itens de segurança que visam preservar a vida dos motoristas, passageiros e todos os envolvidos no trânsito. Esses itens tendem a diminuir as fatalidades nas vias, sempre que aliados às boas atitudes do condutor”, afirma Alessandro Rubio, coordenador técnico do Cesvi.

No ranking, os veículos são classificados numericamente, em que quanto menor for o número da nota (entre 10 e 60), melhor a classificação; e por estrelas, (de 1 a 5), no qual quanto mais estrelas, melhor é a posição do carro no ranking. A pontuação de cada veículo considera pesos diferentes entre cinco grupos básicos de equipamentos de segurança existentes nos mais modernos modelos da indústria, que são: Seguranças Ativa e Passiva; Assistências à Condução e a Segurança e Proteção ao Pedestre.

Os mais seguros do País

Confira abaixo os vinte veículos mais bem classificados pelo Índice de Segurança Cesvi Mapfre 2017:

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário