internacional

Geneva Association divulga estudo com perspectiva global sobre regulamentação e solvência

A Geneva Association, entidade que reúne mais de 80 CEOs do mundo todo com o objetivo de promover debates ligados à indústria de seguros, divulga hoje a publicação “The Fundamentals of Future Insurance Regulation and Supervision—A Global Perspective”. Escrito por supervisores, líderes acadêmicos e especialistas da indústria de seguros, o livro traz um olhar diferenciado sobre a perspectiva do desenvolvimento da regulação deste mercado no futuro.

Segundo Patrick M. Liedtke (foto), co-editor e presidente da Geneva Association, o livro é uma contribuição fundamental para os debates sobre regulamentação em curso em todo o mundo. “Nosso objetivo é proporcionar uma análise completa das mudanças a partir de profissionais do setor e especialistas financeiros. Essa perspectiva ampla contribui para que todos os envolvidos em construir um setor solvente acompanhem questões regionais num contexto mais amplo de uma indústria em constante mudança em seu regulamento”, comentou em nota.

Entre dos dias 25 e 27 de maio, a reunião anual da Geneva Association será realizada pela primeira vez no Brasil. Os principais CEOs do mundo estarão reunidos no Rio de Janeiro, onde debaterão as tendências da indústria e buscarão contribuir com suas idéias na construção de um futuro ainda mais promissor para um mercado que fatura anualmente mais de US$ 4 trilhões. Patrick Larragoiti, presidente do Conselho de Administração da SulAmérica, é o único brasileiro a integrar o Conselho da Geneva Association. “Esse será um dos maiores eventos já realizados pela entidade”, prevê o executivo, anfitrião do evento.

Segundo fontes do setor, a reunião já conta com a confirmação de mais de 50 CEOs de seguradoras e resseguradoras mundiais. Dessas, cerca de 23 já estão presentes no Brasil e são responsáveis pela modernização de programas de seguros hoje disponíveis para a sociedade brasileira, bem como por garantir os principais projetos de infraestrutura brasileiros. Muitos dos participantes que já confirmaram presença vem ao Brasil interessados em conhecer melhor o país que está nos holofotes mundiais e verificar de perto as oportunidades que esse imenso mercado oferece aos acionistas.

A indústria de seguros brasileira apresentou crescimento de dois dígitos na última década. Em 2010, evoluiu 15%, para vendas de R$ 111 bilhões. A previsão de crescimento para os próximos anos é otimista, tendo em vista que o país sediará a Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016. Segundo projeções da consultoria Siscorp, o faturamento da indústria deverá superar R$ 237 bilhões em 2020, representando 4,2% do PIB projetado para o mesmo ano, o que equivale a uma taxa média de crescimento de 6,6% por ano a partir de 2010, resultando num crescimento acumulado de 90,4%.

O estudo completo da Geneva Association pode ser acessado no link http://www.genevaassociation.org/pdf/News/Press_Release_7-11_FINAL.pdf

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário