mercado

Seguradoras registram lucro líquido de R$ 8,7 bi até julho; cinco concentram 80% do ganho

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

O mercado segurador registrou lucro líquido de R$ 8,7 bilhões de janeiro a julho de 2018, acima dos R$ 7,8 bilhões do mesmo período do ano anterior, mesmo com a queda de quase dez pontos percentuais na taxa Selic no período analisado. Segundo o ranking elaborado pela consultoria Siscorp, com base nos dados divulgados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), a Bradesco Seguros segue líder absoluta, com R$ 2,96 bilhões em lucro no acumulado deste ano até julho, acima dos R$ 2,5 bilhões do mesmo período de 2017.

O grupo BB Seguros registrou lucro líquido de R$ 1,7 bilhão, abaixo dos R$ 1,4 bilhão do período anterior. A Caixa Seguros vem em terceiro lugar, com R$ 1 bilhão, acima dos R$ 897 milhões, conforme mostram as tabelas abaixo. Itau ocupa o quarto lugar, com R$ 760 milhões nos sétimos primeiros meses de 2018 e Zurich com R$ 582 milhões. Mais de 80% do ganho do mercado está concentrado em cinco grupos seguradores.

A Mapfre, que acaba de finalizar o acordo com o Banco do Brasil sobre uma nova estrutura de sociedade, lidera o ranking de prejuízo, com R$ 189 milhões de janeiro a julho deste ano, seguida pela AXA, AIG, Chubb e Mitsui.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

1 comentário

Deixar um comentário