estudos

Swiss Re lança estudo sobre riscos espaciais

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A Swiss Re Corporate Solutions produziu um estudo sobre riscos espaciais envolvendo satélites na órbita terrestre baixa (LEO, na sigla em inglês). Ele destaca desafios legais, como a atribuição de responsabilidades em casos de colisões e como a indústria de seguros está respondendo às necessidades das cada vez mais complexas operações com satélites.

A publicação traz muitos dados interessantes, como:

– 90% dos objetos rastreados que orbitam a Terra são detritos, o que aumenta o risco de colisões.
– O total de objetos catalogados em órbita cresceu 19% desde 2011. São 19 mil objetos.
– De acordo com a ONU, 70% da atividade espacial é conduzida por empresas privadas.
– A LEO vem recebendo um crescente número de constelações de satélites.
– Os seguros ainda são muito focados em satélites na órbita geoestacionária, mas a demanda por seguros para constelações de satélites na LEO vem crescendo.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário