corretora mercado

Minuto Seguros conquista o Prêmio Época Reclame Aqui

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A Minuto Seguros foi reconhecida pela qualidade do atendimento ao consumidor e conquistou o Prêmio ÉPOCA ReclameAQUI, na categoria Internet – Serviços – Seguros. Os vencedores foram conhecidos durante cerimônia realizada na última segunda-feira, 10, em São Paulo, no Espaço das Américas.

Presente na área de Melhores Empresas no ReclameAQUI, a Minuto Seguros apresenta excelente avaliação. Nos últimos seis meses, 100% das reclamações recebidas foram respondidas e solucionadas e o tempo médio de resposta de quatro horas também mereceu destaque.

Além disso, a Minuto Seguros recebeu em julho o selo RA 1000, dado para empresas que chegam a uma classificação acima do “Ótimo”. O status vem sendo mantido desde então.

O “Prêmio ÉPOCA ReclameAQUI – As melhores empresas para o consumidor” foi criado com a objetivo de incentivar as empresas a buscarem excelência no atendimento, realizando esforços para melhorar o relacionamento com o consumidor, atingindo altos índices de eficiência na solução de problemas.

Durante os meses de agosto e setembro, consumidores cadastrados no ReclameAQUI puderam votar em suas empresas favoritas, que foram indicadas entre mais de 70 mil presentes no site.

Marcelo Blay, CEO da Minuto Seguros, falou um pouco mais sobre a conquista, ao blog Sonho Seguro:

O seguro hoje é considerado uma commodity, dando-se a escolha por preço. Mas pelo prêmio em questão, o consumidor já tem em mente que a prestação de serviço é mais importante que preço. Como se sente por ser sócio da corretora online vencedora pela revista Epoca?

Estamos muito contentes, pois este prêmio nos dá a clara indicação que o caminho que escolhemos está dando resultado. Estamos colhendo os frutos de ter adotado como foco principal o atendimento aos clientes. Nossos mais de 20 anos de experiência de mercado, tendo trabalhado em grandes seguradoras, nos mostravam desde a concepção original do projeto da Corretora que a Internet seria um facilitador na geração de leads e uma ferramenta na busca de redução de custos operacionais. Sabíamos que a venda não seria 100% online e que o modelo tradicional de atendimento pelo telefone prevaleceria.

O foco da corretora não é o preço?

Não focamos em preço. Atuamos como consultores de seguros, buscando a melhor relação de custo x benefício levando em conta as necessidades dos clientes e argumentamos nesse sentido no processo de negociação de valores. Por exemplo: de que adianta vender uma cobertura básica de assistência 24 horas se o cliente viaja longas distâncias? Até podemos ganhar o negócio por preço, mas, quando ele precisar do serviço e não for atendido, dirá que nossa venda foi falha, o que não deixará de ser verdade. O mesmo vale para a venda de coberturas muito baixas de responsabilidade civil. Finalizando, temos como mantra que o pós-venda é tão importante quanto a venda. São os momentos da verdade, aqueles nos quais os segurados efetivamente vão usar o produto que compraram e nessa hora temos que estar presentes e nos esmerar no atendimento. É a garantia de uma renovação, caso contrário, estamos fomentando detratores de nossa marca.

minutoQuais os principais desafios para tornar a Minuto provedora de um patamar tão diferenciado de atendimento reconhecido pelos eleitores?

Temos alguns pilares e valores que carregamos desde o início, com o nascimento da Minuto Seguros. Atender bem é o maior deles. Para nós, é muito importante fornecer um atendimento humanizado, único, dar uma experiência exclusiva para cada contato e cliente. Assim, ele se sentirá mais seguro. O grande desafio é manter a excelência e para isso precisamos continuar a investir no treinamento e capacitação de nossa equipe e no constante aprimoramento de nossas ferramentas tecnológicas. Temos ótimos números em nossa página do ReclameAQUI e, com a vitória, outro grande desafio será manter esse troféu no ano seguinte. Temos muito a comemorar, mas temos que agradecer também aos que votaram na Minuto. Sabemos que temos muito a trabalhar daqui pra frente, pois essa conquista elevará as expectativas.

O que o cliente pode esperar em inovações de 2015, com uma economia mais difícil e concorrência mais acirrada entre os corretores?

Estamos repaginando nosso site, buscando melhorar a experiência de navegação para facilitar o processo como um todo. Também vamos ampliar o leque de produtos de seguro, nossa especialidade. Em termos de concorrência entre corretores, não vejo nada de diferente. O que temo é um agravamento da situação econômica do país que possa levar as seguradoras a deflagrar uma guerra de preço para manutenção de market share. É um fato recorrente em nossa indústria, que destrói valor em toda a cadeia e invariavelmente as empresas, para recompor suas margens, acabam tendo que voltar a patamares de preços praticados antes da guerra, ou até mais altos, dificultando o processo de renovação das apólices. É um círculo vicioso que se repete a cada par de anos.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário