vida

CVG-SP debate subscrição para seguros de vida

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

Release

No dia 23 de agosto, o CVG-SP promoveu uma palestra com o tema Inovação em Subscrição: como ser mais ágil e preciso na subscrição sem aumentar o risco do negócio. A programação teve a participação de Alessandra Monteiro, diretora de Subscrição de Vida e Longevidade do IRB Brasil RE.

Para Silas Kasahaya, presidente do CVG-SP, “esse evento com o IRB traz uma série de questões de inovação olhando, de fato, para o futuro”. Já Alessandra Monteiro acredita que discutir a inovação nesse segmento é necessário, pois “somos cobrados dentro das empresas para isso. Entretanto, não podemos aumentar o risco do nosso negócio, visto que a subscrição é muito importante para que tenhamos resultado”, afirma.

Em pauta, foi colocada a diferença entre a subscrição adequada e inadequada. O risco e a cobertura, explica a palestrante, precisam ser avaliados com exatidão e classificados apropriadamente. Além disso, o prêmio deve ser calculado de acordo com o estado em que se apresenta o risco. “A partir do momento em que todo o mercado trabalhar com uma subscrição adequada, a competição de mercado será muito melhor e de suma importância para a lucratividade”, assegura.

O foco no cliente e o uso das redes sociais também foram discutidos. Segundo Alessandra Monteiro, é necessário que os produtos estejam alinhados às principais necessidades do público alvo. Isso pode ser possível através da captação de informações por meio das redes sociais. “O futuro da subscrição a curto prazo passa por esse processo”, diz.

Com o intuito de agilizar a subscrição, a Diretora do IRB Brasil RE apresentou um novo dispositivo em substituição a exames de saúde que capta informações do cliente de forma menos invasiva. A Cotação Cognitiva, que permite a execução do processo de cotação de forma interativa e em linguagem natural, foi outra inovação exibida.

Por fim, em relação à subscrição de Vida, Alessandra Monteiro falou sobre o Agility, ferramenta que inclui um questionário eletrônico e a análise de dados do segurado. “Este modelo é uma alternativa à tele-entrevista para capitais mais baixos, proporcionando uma subscrição inteligente, mesmo em capitais menores”, conclui.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário