• Perda com investimentos reduz lucro da Liberty

    As vendas do grupo Liberty Mutual no primeiro trimestre deste ano evoluíram 7,6%, para US$ 7,03 bilhões, crescimento de US$ 521 milhões sobre mesmo período de 2008. O lucro líquido, excluindo-se as perdas provenientes da desvalorização de ativos, foi de US$ 270 milhões, comparada a US$ 321 milhões no ano anterior. O...

  • Hannover Re fatura 24,6% mais no trimestre

    A Hannover Re, presente no Brasil como ressegurador admitido, divulgou ontem um balanço positivo das operações do primeiro trimestre. As vendas registraram alta de 24,6%, para 2,1 bilhões de euros. O lucro líquido crescer 42,7%, para 216 milhões de euros, considerando os efeitos da aquisição da carteira de vida do ING. O...

  • Lucro da Munich Re cai 46% no trimestre

    Perdas com investimentos derrubaram o lucro da Munich Re, maior resseguradora do mundo e presente no Brasil como resseguradora local. No primeiro trimestre do ano a resseguradora alemã divulgou lucro liquido de 420 milhões de euros, queda de 46% em relação ao mesmo período do ano passado. Os prêmios, por sua vez,...

  • Lucro da Scor Re cai e da Everest Re cresce

    A safra de balanços da indústria de seguros mundial continua apresentando resultados diferenciados. A maioria das empresas que já divulgou o relatório financeiro tem ressaltado as operações internacionais e a parceria de longo prazo com clientes como fatores positivos dos resultados do primeiro trimestre. A resseguradora francesa Scor, presente no Brasil como...

  • Recessão impacta balanços de resseguradoras

    Começou a safra de balanços do primeiro trimestre do ano. A expectativa de analistas em relação ao desempenho das companhias de seguros e de resseguros é de resultados positivos, porém menores do que os registrados em mesmo período do ano passado, quando a crise financeira ainda se espalhava vagarosamente. Neste ano, as...

  • Miller disputa contratos no Brasil

    A crise mundial intensificou o fluxo de estrangeiros interessados no mercado de seguro e resseguro no Brasil. Desde o início do ano passado, o vai e vem de estrangeiros no eixo Rio-São Paulo tem sido intenso. Nesta semana, quem visita o País é Graham Clarke, presidente e CEO da Miller Insurance Services...

  • Perdas de US$ 200 bilhões

    As catástrofes naturais geraram perdas econômicas de US$ 200 bilhões em 2008, segundo o estudo “Topics Geo —Natural catastrophes 2008”, divulgado nesta sexta-feira pela resseguradora alemã Munich Re. Deste valor, as seguradoras arcaram com US$ 45 bilhões, pagando pessoas e empresas que compraram proteção para seus patrimônios. Este foi o terceiro ano...

  • JMalucelli e Hannover: parceria

    O grupo Hannover Re, quinto maior ressegurador do mundo, e a JMalucelli Re, resseguradora local, assinaram uma parceria que visa impulsionar a venda de seguros de vida no Brasil, um segmento que representa menos de 10% das vendas totais das seguradoras brasileiras, excluído o VGBL, um produto de acumulação de renda. Menos de...

  • Crescimento menor, mas sem recessão

    A grande maioria das seguradoras passou o mês de outubro refazendo orçamentos de 2009. Uma pena ter de revisar para baixo as projeções de crescimento de vendas, de lucratividade, de contratação de funcionários e de investimentos. Porém, é uma situação melhor do que países da Europa e dos Estados Unidos têm enfrentado....

  • Executivo exige proteção financeira*

    A demanda de executivos por proteção financeira tem trazido mais seguradoras para explorar este nicho de negócio. Um negócio restrito praticamente à Chubb e Unibanco AIG até 2006, quando o IRB Brasil Re, na época o único ressegurador autorizado a operar, optou por autorizar as seguradoras a contratar resseguro no exterior no...