companhias

Investimento da Prudential em ética é reconhecido em premiação

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

Release

A Prudential Financial foi reconhecida como uma das empresas mais éticas do mundo com o prêmio The World´s Most Ethical Company 2018, concedido pelo Ethisphere Institute, organização que é líder global na definição e aperfeiçoamento das melhores práticas empresariais. É o quarto ano consecutivo que a companhia recebe o reconhecimento, que é concedido a empresas que comprovam ética e transparência em todos os níveis. O instituto considera cinco categorias: compliance e programas éticos; empresa cidadã; cultura de ética; governança corporativa e liderança, inovação e reputação. Este ano, 135 companhias de 23 países representando 57 diferentes setores da economia foram selecionadas para receber o reconhecimento.

“Nosso compromisso com o comportamento ético é um princípio permanente na cultura da Prudential. Apenas fazendo negócios da forma correta, todos os dias, em todas as esferas da companhia é que mantemos a confiança de nossos clientes e podemos honrar nosso compromisso de apoiá-los na conquista da segurança financeira”, afirma o presidente & CEO da Prudential do Brasil, Marcelo Mancini Peixoto. “Estamos honrados em sermos reconhecidos internacionalmente e reafirmamos nosso compromisso com uma gestão ética e transparente”, completa.

Mancini destaca ainda que o reconhecimento reflete o compromisso e dedicação dos colaboradores em trabalhar dentro dos mais altos padrões de integridade ética. A Prudential adota, em todas as suas operações no mundo, programas e políticas que visam prevenir, detectar e solucionar quaisquer eventuais más condutas, assim como assegurar a aderência a todos os regulamentos e leis.

 

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário