saúde

Semana traz aquisições bilionárias em saúde

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

O setor de saúde está em ebulição no mundo todo. Nesta semana, duas notícias importantes. A CVS Health, maior rede de farmácias dos EUA, fechou acordo para a compra da seguradora de saúde Aetna por cerca de US$ 68 bilhões. O negócio cria um novo gigante na indústria de medicamentos sob prescrição e pode desencadear um processo de consolidação no setor. No Brasil, a CVS é dona da rede de farmácias Onofre.

O fato foi visto pelo setor como “o rabo abana o cachorro”, evidenciando que fornecedores passam a ser protagonistas no setor de saúde diante da crise vivenciada nos EUA, com Donald Trump querendo por fim ao Obamacare. No Brasil, a crise vem de uma regulação que precisa ser urgentemente revista para acomodar interesses do governo, empresas privadas, fornecedores, prestadores e o consumidor. Isso feito, a tendência é de uma grande onda de fusões e aquisições, bem como a entrada de novas empresas partindo do zero.

Entre as mais interessadas em atuar em saúde no Brasil estão AXA e Mapfre. A própria Aetna, que já atuou no Brasil numa parceria com a SulAmérica no passado, reavaliava seu retorno ao Brasil e estava em conversas com grandes players locais, citam fontes. Agora, com a venda para a CVS, as negociações devem ser revistas.

Outra notícia da semana veio da UnitedHealth, gigante americana do setor de planos de saúde e controladora da Amil no Brasil, que anunciou um acordo para a compra da DaVita, provedora de tratamento renal e um dois maiores grupos de médicos dos EUA, por cerca de US$ 4,9 bilhões em dinheiro. O acordo vem na mesma semana em que a rede de farmácias CVS Health fechou uma transação no valor de US$ 69 bilhões para adquirir a Aetna, que também atua na área de planos de saúde. A DaVita dispõe de cerca de 280 clínicas, além de 35 centros de tratamento urgente e seis centros de cirurgia. A empresa opera em vários Estados americanos, incluindo Califórnia, Washington e Flórida, e emprega cerca de 2.200 profissionais de saúde.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário