mercado

Quanto custava o seguro dos 10 carros mais vendidos em novembro

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

Release

Uma das principais corretoras do País e líder no segmento de seguros online, a Minuto Seguros apresenta um estudo com base na lista divulgada pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) com os carros mais vendidos no Brasil em novembro de 2017.

Sem surpresas na primeira colocação, o Onix manteve-se no topo da lista. Há mais de dois anos, desde agosto de 2015, o modelo da Chevrolet caiu no gosto popular e não deve perder a liderança tão cedo. Em setembro, o Kwid, novo modelo da Renault e um carros zero quilômetro mais baratos do Brasil, chegou a incomodar, mas não passou disso, afinal, nos últimos meses nem entrou no ranking dos 10 mais.

Comparativamente ao mês passado, o Onix teve um crescimento de 1,5% nas vendas – em outubro foram 18.322 unidades comercializadas e em novembro 18.611. Na segunda colocação, o Ford Ka permaneceu por mais um mês com 9.067 automóveis vendidos, seguido pelo HB20 da Hyundai, com 8.527, fechando o top 3. O HB20, que dominou a segunda posição no ano e foi vice-líder de vendas no primeiro semestre, não figura nessa posição desde agosto.

A surpresa da lista ficou por conta do Creta. Mesmo na décima posição, é a primeira vez que o SUV da Hyundai apareceu na lista dos mais vendidos em 2017. Ele vendeu quase 100 unidades a mais que um de seus principais concorrentes e presença em alguns rankings do ano, o HR-V. Surpreendendo nas vendas, o Argo, por mais um mês, se manteve na lista, dessa vez na oitava posição, vendendo 20% a mais do que outubro: passou de 4.159 para 5.015.

A Minuto Seguros avaliou os preços dos seguros em quatro capitais diferentes, mais do Distrito Federal: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Paraná (PR), Mato Grosso do Sul (MS) e Distrito Federal (DF). O estudo considerou como perfil um condutor homem, de 35 anos e casado.

Para esse tipo de perfil, o preço do seguro da Compass pode apresentar uma diferença de R$ 6.360 entre as capitais, a maior entre os carros cotados. No Distrito Federal ficou em R$ 10.495, enquanto que, em São Paulo, o mesmo modelo apresentou um valor de R$ 4.135. Por outro lado, a cotação do Creta, surpresa nessa lista, é a que possui a menor diferença entre os veículos listados. No Distrito Federal, o valor é o mais alto, R$3.812, e, no Paraná, o mais baixo, R$3.414, uma distância de R$ 398.

Dos locais avaliados, o Distrito Federal é o que possui o seguro mais caro para 80% dos carros analisados. Por outro lado, Campo Grande é a capital que apresenta os preços mais baixos para cinco dos dez automóveis listados abaixo. São Paulo fica atrás com 4 veículos:

Detalhes da cotação
Capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Salvador (BA) e Florianópolis (SC).
Seguradoras: Azul, Aliro, Allianz, Bradesco, HDI, Itaú, Liberty, Sompo Seguros, Mapfre, Mitsui, Porto Seguro, Tokio Marine e Sulamerica.
Perfil: Homem, 35 anos, casado.
Plano: Cobertura de terceiros de R$ 100 mil.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário