Vida e Previdência

Porto Seguro lança produto que combina coberturas de um seguro de vida com investimento em Previdência

Release

De olho nas tendências do mercado, a Porto Seguro Vida e Previdência lançou o “Proteção Planejada”, que reúne, em um único produto, as coberturas de um seguro de Vida com os benefícios de um plano de Previdência. As parcelas são fixas do início ao fim da vigência e o cliente pode resgatar o dinheiro para manter o seguro ativo.

As estatísticas do mercado segurador mostram que o setor está aquecido. De acordo com dados da FenaPrevi (Federação Nacional de Previdência Privada e Vida), o seguro de vida registrou 5,15% de aumento frente ao primeiro semestre de 2016. Na Porto Seguro, a alta, de janeiro a setembro em comparação com o mesmo período do ano passado, foi de 16,5% em seguro de pessoas (que inclui, vida, educacional, viagem, entre outros).

Além dos indicadores, o aumento da expectativa de vida do brasileiro e a preocupação constante com a segurança financeira, sobretudo para manter o padrão de vida da família em caso de imprevistos agora e no futuro, têm se intensificado diante das discussões em torno da reforma da previdência social. “Estamos atentos às necessidades dos clientes, por isso, estudamos e desenhamos o seguro com diferenciais para oferecer proteção para o segurado e sua família e ainda permitir a formação de reserva de previdência, que pode ser transformada em renda lá no futuro”, afirma Fernanda Pasquarelli, diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro.

O Porto Seguro Proteção Planejada tem vigência mínima de cinco anos e parcelas fixas do início ao fim do contrato, o que ajuda no planejamento familiar de longo prazo. Uma parte do valor pago garante o seguro de vida e a outra forma a reserva de previdência. Assim, se durante o período contratado, o cliente precisar de dinheiro, poderá resgatar dessa reserva para quitar parcelas atrasadas do seguro por até 12 meses consecutivos. O produto é voltado para pessoas de 16 até os 64 anos de idade, porém, quanto mais cedo contratar, mais barato fica o seguro. “Comprar um capital de 1 milhão por 25 anos, por exemplo, é mais barato para uma pessoa de 35 que para uma de 40 anos”, explica Fernanda.

Para contratar o Proteção Planejada, é necessário saber quanto o cliente vai precisar e por quanto tempo para manter o padrão de vida da família posteriormente. “É muito importante que o cliente entenda suas necessidades no futuro para adquirir o produto de acordo com o seu perfil. O Corretor de seguros é o profissional habilitado para ajudá-lo. Temos um forte potencial de crescimento no setor e essa é mais uma opção também para o Corretor intensificar seus negócios com possibilidade de planejamento de longo prazo para a sua carteira”, finaliza a executiva.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário