estudos

Estudo da Liberty Seguros revela que jovens são responsáveis pela maior parte dos acidentes de carro

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

Fonte: Estudo

Um estudo realizado pela Liberty Seguros com sua base de clientes revela que, quando comparados a condutores de outras faixas etárias, os motoristas de 18 a 25 anos são responsáveis pela maior parte dos acidentes com indenização total e essa porcentagem sobe ainda mais quando são considerados os acidentes que ocorrem de madrugada.

O objetivo do compilado é mapear quem são os maiores causadores de acidentes no trânsito, o horário durante o qual eles ocorrem e quais as particularidades de cada sinistro – se envolvem perda total, perda parcial ou se foram consequência de roubos e furtos. Para tanto, foram avaliados 154.053 sinistros em todo o país, no período entre agosto de 2016 e julho de 2017.

Gravidade de acidentes na madrugada – Dentro da amostra avaliada pela seguradora, os acidentes durante a madrugada representam apenas 4,62% do total, porém nesse período do dia a porcentagem de acidentes graves, com Indenização Integral, cresce. Dos acidentes ocorridos na madrugada, 28% são caracterizados como indenização Integral, contra a média geral correspondente a 9,19%. Por outro lado, quando o foco é acidentes em geral, a maior parte deles, 39,22% do total, ocorrem no período da tarde e 24,41% dessas ocorrências são ocasionadas por condutores de 55 anos ou mais.

Sinistros causados por jovens – Condutores entre 18 e 25 anos, quando comparados à outras faixas etárias, são responsáveis pela menor porcentagem dos acidentes como um todo (11,50%), no entanto, segundo informações levantadas pela Liberty Seguros, se tratando de acidentes graves, que resultam em Indenização integral, o grupo é responsável pela maior porcentagem dessas eventualidades. Entre jovens de 18 a 25 anos, 10,42% das ocorrências são no período da madrugada, contra a média geral correspondente a 4,62%. Dos acidentes neste período, 37,47% são caracterizados como Indenização integral. Essa porcentagem diminui para 27,94% dentre pessoas com mais de 55 anos.

Roubos e Sinistros – Os indicadores de roubos e furtos também fazem parte do estudo. Independentemente da faixa etária do segurado e quando comparada a outras faixas horárias, a incidência deste tipo de ocorrência é maior no período da noite (41%), seguida pela tarde (26%), manhã (25%) e madrugada (8%).

Tendência de indenizações gerais por estado – A pesquisa de acidentes de trânsito da Liberty Seguros também traz uma análise das ocorrências em cada estado do Brasil. Dos cinco estados com maior incidência de ocorrências, São Paulo sai na frente com 43.153 casos (28% do total), seguido do Rio Grande do Sul com 20.112 sinistros (13%), Santa Catarina com 19.871 acidentes (12%), Minas Gerais, com 16.896 (11%) e, por fim, Paraná, com 12.525 casos (que correspondem a 8% do total).

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário