mercado

Tim e Generali ampliam ofertas de seguro para celulares

release

A TIM acaba de lançar novas ofertas de seguro para celulares e tablets, em parceria com a Seguradora Generali. O TIM Aparelho Protegido conta com três modalidades: seguro contra roubo e furto qualificado; seguro contra quebra acidental; ou o combo com todas as proteções incluídas. A operadora traz ainda uma novidade que garante mais segurança nas transações mobile: todos os clientes que aderirem aos seguros ganham acesso gratuito ao Protege Web, sistema de monitoramento de dados online.

Os pacotes variam de R$ 2,99 até R$ 57,99 por mês, de acordo com o valor do aparelho e a modalidade escolhida. O seguro contra QUEBRA inclui situações como queda, torção, descarga elétrica e sobrepeso. Essa opção também oferece proteção quando o aparelho tem seu funcionamento afetado por imersão e/ou derramamento de líquidos ou por oxidação. Já a opção ROUBO E FURTO QUALIFICADO garante a reposição em casos de roubo ou furto do aparelho. O COMBO reúne as duas coberturas.

O Protege Web pode ser configurado por usuários de qualquer uma das modalidades do seguro, sem custo adicional. A solução monitora dados pessoais e financeiros dos clientes 24 horas por dia e emite alertas caso alguma informação de risco seja localizada. Dessa forma, é possível identificar clonagem de cartões de crédito ou fraudes utilizando CPF e RG, por exemplo.

O TIM Aparelho Protegido não tem carência e nem contrato de fidelização. Ou seja, é possível cancelar a qualquer momento, sem multas. Oferece ainda cobertura internacional e a participação em sorteios semanais pela Loteria Federal a partir de R$ 500, de acordo com o produto escolhido. A adesão pode ser feita em uma das lojas próprias da TIM, pela loja virtual no site www.tim.com.br (Serviços | Serviços Financeiros | Seguros e Assistências) ou através de SMS. A cobrança é mensal e feita diretamente no cartão de crédito ou na fatura dos clientes TIM Pós.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário