companhias

BB Seguridade lucra R$ 3 bi de janeiro a setembro, queda de 2,1%

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A BB Seguridade divulgou hoje lucro líquido ajustado de R$ 3 bilhões de janeiro a setembro deste ano, 2,1% inferior ao reportado no mesmo período de 2016. O resultado financeiro, com queda 12,9%, foi o principal fator responsável pela retração do lucro líquido, impactado pela queda na taxa Selic, pela menor magnitude do fechamento da curva de juros futuros em relação ao movimento observado no 9M16, e pela queda nos índices de inflação, segundo informou o grupo em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Por outro lado, o resultado operacional não decorrente de juros, com alta de 2,7%, compensou parte deste efeito, impulsionado pela evolução observada no resultado dos negócios de Previdência e Resseguros.O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido médio no 9M17 foi de 46,0%, queda de 5,3 p.p. sobre igual período de 2016.

No terceiro trimestre, a holding das operações de seguros do Banco do Brasil apresentou lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre, alta de 20,7% na comparação com o mesmo período de 2016. Excluídos os efeitos da oferta pública de ações do IRB Brasil Re, o lucro ajustado foi de R$ 1 bilhão, incremento de 3,4% na mesma base de comparação.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário