corretora resseguro

Wiz lucra R$ 32,8 milhões no segundo trimestre

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A Wiz Soluções e Corretagem de Seguros (antiga Par Corretora) teve lucro líquido de R$ 32,8 milhões no 2o trimestre de 2017, queda de 18,5% na comparação anual. A receita líquida de prestação de serviços subiu 33,8% nessa comparação, passando para R$ 131,6 milhões nos três meses. Os custos e despesas avançaram 65%, para R$ 72,4 milhões, com o impacto da aquisição da Finanseg. O EBITDA (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) teve elevação de 8,7%, de R$ 54,5 milhões para R$ 59,2 milhões no trimestre comparativamente ao 2T16.

João Silveira, CEO da Wiz, explicou que o bom desempenho da companhia está relacionado ao sucesso do modelo de negócio. “Buscamos sempre ampliar os horizontes de atuação da Wiz, com investimentos estratégicos em pessoas, metodologias, ferramentas e canais, alinhados aos nossos pilares fundamentais, que são Gente, Tecnologia e Governança & Compliance ”, reiterou Silveira.

Também teve destaque no período a venda de produtos de Bancassurance. Segundo dados da SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), a Caixa Seguradora cresceu 30% nos prêmios de seus produtos de Bancassurance, quando comparados com o mesmo período de 2016 – frente a um resultado de 6% do mercado -, garantindo à Wiz continuar sendo a corretora de Bancassurance que mais cresce no Brasil.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário