Corretores

Thinkseg inicia cadastro de corretores na plataforma mobile de seguros

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

Fonte: thinkseg

Na plataforma 100% mobile thinkseg, corretores, seguradoras e clientes vão interagir no ambiente online. Toda a experiência da compra do seguro pelo usuário ocorre pelo celular. Mas, sempre haverá um corretor envolvido no processo para mostrar o funcionamento e ainda tirar dúvidas do cliente em relação ao seguro. Nesta semana, a thinkseg iniciou o cadastramento dos corretores para atuarem no seu marketplace – espaço online que integra seguradoras, clientes e corretores.

“Nosso objetivo é atingir 1 mil profissionais qualificados nesta primeira fase. É que chamamos de corretores apaixonados pelo formato de inovação proposto pela thinkseg. O corretor é o nosso principal personagem”, diz o CEO da thinkseg, André Gregori.

Mais de 200 corretores de todo Brasil já se cadastraram no plataforma mobile, logo que o processo foi iniciado na segunda semana de abril. “Temos recebido um retorno muito positivo dos corretores. Eles veem o aplicativo e a plataforma thinkseg como uma maneira de se digitalizarem e acompanharem a inovação, bem como se defenderem da venda direta ou não tradicional”, explica o CEO da thinkseg.

Para se cadastrar na plataforma 100% mobile thinkseg, o primeiro passo é o corretor entrar na home page www.thinkseg.com. No site, ele clica no espaço “seja um corretor “e, então, inicia o preenchimento do cadastro com dados pessoais, coloca o número do registro Susep e informações do negócio.

Feito o cadastro no site, na etapa seguinte, o corretor vai entrar na loja Google Play e baixar o APP thinkseg para celulares android. Será necessário preencher alguns campos com informações pessoais para a definição da senha de acesso ao APP. Em breve, o APP thinkseg estará disponível também da Apple Store para aparelhos com sistema IOS.

A interação do corretor com a plataforma 100% mobile resultará em um processo de “digitalização do corretor”, considerado um importante influenciador da plataforma. “Queremos auxiliar o corretor que não está ambientado com a tecnologia. Além disso, vamos qualificar os corretores com pontos para indicá-los às pessoas que não tiverem corretor”, diz Gregori.

É preciso vontade para adotar novas práticas. Os profissionais que não acompanharem as inovações tecnológicas mundiais vão sentir a estagnação do crescimento do próprio negócio ao longo dos anos. Segundo Gregori, o modelo de contratação thinkseg vai apoiar o corretor no uso da tecnologia para que ele tenha mais lucro e fique satisfeito com o modelo inovador da plataforma 100% mobile.

O Seguro Auto thinkseg vai poder ser contratado em minutos pelo celular. Feito o download do app thinkseg no mobile, ele passa a captar informações do modo de dirigir do motorista, por meio da tecnologia da telemática. Quando a pessoa está no volante, o app verifica a velocidade do motorista, como ele freia, como ele acelera, quantas vezes avança um sinal vermelho ou muda de pista, e quantas vezes lê mensagens e fala no celular enquanto está dirigindo.

A interpretação dessas informação, coletadas via app e pontuadas, vai beneficiar as pessoas conscientes no trânsito. O mercado de seguros nacional tem mais ou menos 75% de bons motoristas que pagam pelos maus motoristas. Todo o setor faz uma medição do grupo de risco. Para a thinkseg, o risco individual é o que vale. Com o APP thinkseg, os bons motoristas pagarão menos por seus seguros e terão benefícios, enquanto os mau avaliados não. É uma forma de criar mais motoristas conscientes.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

1 comentário

  • O comércio digital é um processo em evolução, tanto para a indústria de seguros como para os consumidores, com um espaço de mercado em continuo crescimento. Boa

Deixar um comentário