estudos resseguro

Resseguradoras locais registram ROE médio de 16,4%

Denise Bueno
Escrito por Denise Bueno

A Terra Brasis divulgou uma prévia do estudo de resseguros referente aos dados consolidados de 2016. O volume de resseguro cedido pelas seguradoras brasileiras (bruto de comissão) foi de R$ 10,17 bilhões, sendo R$ 7,39 bilhões colocados nas resseguradoras locais (perto de 73%), praticamente estáveis em relação a 2015.

Os autores do estudo estimam que o resseguro aceito pelas resseguradoras locais relacionado a riscos do exterior teve um crescimento perto de 24%, ficando em R$ 1,44 bilhão em 2016, contra R$ 1,16 bilhão do ano anterior.

A sinistralidade bruta das resseguradoras locais ficou em 66% (62% para o IRB e 71% para o conjunto das outras locais) contra 98% do mesmo perído do ano anterior. O índice combinado ficou em 96% (91% para o IRB e 103% para o conjunto das outras locais) em comparação aos 101% apresentados em 2015 (94% para o IRB e 110% para o conjunto das outras locais).

O resultado após impostos foi de R$ 1,14 bilhão, tendo sido de R$ 943 milhões em 2015. O R.O.E. (Return on Equity) anualizado do conjunto de resseguradores locais foi de 16,4% (14,7% em 2015) sendo que o do IRB se manteve próximo de 25% e o conjunto das demais locais melhorou de 5,5% em 2015 para 8,0% em 2016.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário