Uncategorized

Lucro da Chubb cresce para US$ 982 milhões

chubbA Chubb divulgou lucro líquido mundial de US$ 982 milhões no primeiro semestre deste ano, acima dos US$ 892 milhões do mesmo período do ano passado. Segundo nota do grupo, o ganho operacional recuou de US$ 1 bilhão para US$ 841 milhões no período analisado. O impacto das catástrofes naturais no primeiro semestre somaram US$ 537 milhões, comparado com apenas US$ 69 milhões nos primeiros seis meses de 2009. Durante o primeiro semestre, a Chubb recomprou 19,4 milhões de ações, a um custo total de US$ 980 milhões.

Os prêmios líquidos registraram alta de 1%, para US$ 5,7 bilhões. Sem considerar os efeitos de câmbio, os prêmios declinaram 1%. Em termos gerais, nos Estados Unidos as vendas recuaram 3%, enquanto as operações internacionais apresentaram alta de 14% no volume de prêmios. O índice combinado ficou em 92%, acima dos 87% do mesmo período anterior. As indenizações por catástrofes representaram um impacto de 9,6 pontos percentuais no índice em 2010, enquanto em 2009 este impacto foi de apenas 1,2 ponto.

O balanço das operações brasileiras está previsto para ser divulgado na primeira quinzena de agosto.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário