Uncategorized

Willis fatura 13% mais em 2009

willisA corretora Willis, terceira maior do mundo, registrou crescimento de 15%, para US$ 3,3 bilhões, na receita de comissões e fees em 2009, na comparação com 2008. O lucro líquido cresceu para US$ 436 milhões, comparado com os US$ 302 milhões de 2008. Boa parte do incremento do faturamento veio da aquisição da HRH. O crescimento orgânico chegou a 2%.

Segundo comentou o presidente e CEO Joe Plumeri, o ano passado foi marcante para o grupo, que iniciou 2009 com a integração da HRH diante dos enormes desafios com a crise financeira internacional e um mercado de seguros abatido pela recessão. “Mesmo assim respondemos com crescimento orgânico de 2% e finalizamos o processo de integração com ganho de sinergias”, comenta na nota.

Para 2010, a Willis prevê um mercado com queda de preços, porém sujeito a grande volatilidade de taxas para seguros de danos e interrupção de negócios em razão da experiência com danos catastróficos, revela a mais recente publicação do estudo “Mining Market Review”.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário