Uncategorized

Lucro da Munich Re cresce para 2,56 bi de euros

imagesA Munich Re, uma das maiores resseguradoras do mundo, apresentou hoje lucro líquido de 2,56 bilhões de euros em 2009, 62% acima do resultado obtido em 2008. O volume de prêmios apresentou alta de 10%, para 41,4 bilhões de euros, segundo comunicado do grupo.

O incremento no lucro foi justificado pela melhora dos mercados acionários e por uma fraca ocorrência de furacões em 2009. Já o avanço do faturamento resulta do reajuste do preço de seguros e de resseguro para compensar as perdas registradas em 2008 e também pela venda de resseguro para seguradoras que precisavam manter o nível de alavancagem de capital dentro das margens exigidas pelos órgãos reguladores.

A imprensa internacional priorizou na notícia sobre os resultados do balanço do grupo a hipótese do mega investidor Warren Buffett estar adquirindo uma participação maior no grupo. Segundo as agências, Buffett em janeiro aumento para 3% seus investimentos na resseguradora alemã e agora há especulações de que ele, principal controlador da Berkshire Hathway, um dos maiores grupos de seguros e resseguros, elevaria para 15% seus investimentos na Munich Re.

No ano passado, a Berkshire injetou 3 bilhões de francos suíços em um empréstimo na Swiss Re, principal concorrente da Munich Re, o que daria uma participação de 20% caso a resseguradora não devolvesse o empréstimo, o que já foi resolvido. O interesse de Buffett na Munich Re ajudou a elevar o preço das ações de seguradoras.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário