Uncategorized

Lucro da Chubb cresce para US$ 2,2 bi em 2009

chubbA Chubb, uma das maiores seguradoras dos Estados Unidos, divulgou lucro líquido de US$ 2,2 bilhões em 2009, acima dos US$ 1,8 bilhão registrado em 2008. O lucro operacional evoluiu na mesma proporção. Em faturamento, a seguradora conhecida como a “platinum” do mercado, recuou 6%, para US$ 11,1 bilhões.

As vendas foram menores tanto nos EUA como nas operações internacionais. Este resultado era esperado tanto pelo desaquecimento da economia como também pela crise ter afetado mais fortemente o público de maior poder aquisitivo, que compõem boa parte da carteira de clientes do grupo.

O índice combinado melhorou em quase três pontos percentuais, passando de 88,7% para 86%, diz o comunicado do grupo. Excluindo o impacto das catástrofes, o índice recua para 85,2%. O lucro com investimentos recuou 3%.

Segundo John Finnegan, presidente do grupo, “apesar das dificuldades geradas pela recessão econîmica, nos acreditamos que estes resultados continuem diferenciando e evidenciando o comprometimento da Chubb com o crescimento sustentável”.

Sobre a Autora

Denise Bueno

Denise Bueno

Denise Bueno sempre atuou na área de jornalismo econômico. Desde agosto de 2008 atua como jornalista freelancer, escrevendo matérias sobre finanças para cadernos especiais produzidos pelo jornal Valor Econômico, bem como para revistas como Época, Veja, Você S/A, Valor Financeiro, Fiesp, ACSP, Revista de Seguros (CNSeg) entre outras publicações. É colunista da revista Apólice, especializada em seguros, e também do SindSeg-SP. Escreveu artigos diariamente sobre seguros, resseguros, previdência e capitalizacao entre 1992 até agosto de 2008 para o jornal econômico Gazeta Mercantil.

Deixar um comentário